Peugeot 405

1987-1997 de lançamento

Reparo e operação do carro



Peugeot 405
+1. Instrução de manutenção
+2. Manutenção
+3. Motores
+4. Sistema de combustível
+5. Sistemas de lubrificação, coolings
+ 6. Sistema de lançamento
- 7. União
   7.1. Característica técnica
   7.2. Substituição de um disco ou parte principal de união
   7.3. Ajuste de nó de gestão de união
   7.4. Substituição de um fio de união
   7.5. União que apaga mecanismo
+8. Transmissões
+9. Cabos de poder
+10. Direção
+11. Suportes de forma triangular de interrupção
+12. Sistema de freios
+13. Corpo
+14. Equipamento elétrico


cbc19809

7. União

INFORMAÇÃO GERAL

União
1 – disco,
2 – parte principal,
3 – carregamento de lançamento,
4 – união que apaga alavanca,
5 – tomada do carregamento de lançamento,
6 – fio de gestão,
8 – elemento básico de uma cobertura

União (desde janeiro de 1988)
1 – transmissão,
2 – chapa de aperto,
3 – parte principal de união,
4 – carregamento de lançamento,
5 – eixo,
6 – tomadas,
7 – alavanca,
8 – alfinete,
9 – cobertura

A união compõe-se de uma chapa de aperto, a parte principal da união com um disco de prensa e o apagamento de mecanismo. O apagamento de mecanismo – mecânico também se faz funcionar um fio de regulação automática. A chapa de aperto estabelece-se entre um pêndulo e uma chapa de aperto de prensa e afasta aberturas de um cabo principal da transmissão.

O nó principal da união parafusa-se por pinos em um pêndulo. O torque durante a operação do motor transmite-se de um cabo de inclinação por um pêndulo e uma chapa de aperto que se aperta entre um pêndulo e um disco de prensa, a um cabo principal da transmissão. A chapa de aperto tem um quencher de flutuações tortional e erros de bezasbestovy.

Para desconectar o motor da transmissão, é necessário levar apertam um disco de uma chapa de aperto. Em Peugeot os carros usam dois vários mecanismos do apagamento da união. O primeiro – tipo habitual onde o carregamento de lançamento se instala na eleição prévia a um cabo de transmissão. O segundo tipo – onde o carregamento de lançamento é uma parte integrante do nó principal da união.

Como a peça sobressalente o caso de união unificado que permite aplicar ambas as decisões entrega-se. No primeiro caso (com o apagamento de alavanca) o uso da dobradiça esférica do disco que corresponde a diâmetro é obrigatório. Os tamanhos característicos do montante do ajuste da união deixaram-se sem modificações.

Apertando uma união pedalam o fio move-se e apaga um garfo da comutação da união de extremo superior de um garfo. Um garfo, volta, espreme as primaveras da prensa datilografam e leva apertam um disco de uma chapa de aperto.

Desde janeiro de 1988 a alavanca do apagamento da união substituiu-se com o eixo especial que passa por um caso da união e fez-se funcionar diretamente por um fio (sem alavanca intermediária).

Como as cobertas de atrito de uma chapa de aperto desgastam-se, a altura de um pedal de aumentos de união, por isso, é necessário regular um fio de união para garantir a ação correta da união. Contudo do meio de 1994 o fio da união com o ajuste automático estabelece-se (pode estabelecer-se também em modelos mais adiantados). O regulador automático acende-se na parte central de um fio da união.