Peugeot 405

1987-1997 de lançamento

Reparo e operação do carro



Peugeot 405
+1. Instrução de manutenção
+ 2. Manutenção
- 3. Motores
   +3.1. Motores de gasolina
   -3.2. Motores diesel
      3.2.1. Característica técnica
      +3.2.2. Ajustes do motor
      3.2.3. Remoção e instalação da bomba de combustível de alta pressão
      3.2.4. Instalação da bomba de combustível de alta pressão BOSCH
      3.2.5. Instalação da bomba de combustível de alta pressão Diesel de Roto
      3.2.6. Remoção de água do filtro de combustível
      3.2.7. Remoção de ar de sistema de combustível
      3.2.8. Remoção e instalação de um bocal
      3.2.9. Verifique eletricamente a válvula de parada de motor feita funcionar
      3.2.10. Ajuste da bomba Bosch
      3.2.11. Ajuste da bomba Diesel de Roto
      3.2.12. Remoção e instalação de um turbocompressor
      +3.2.13. O reparo que não exige a remoção do motor
      3.2.14. Remoção do motor
      3.2.15. Instalação do motor
      3.2.16. Desmontagem do motor
      3.2.17. Reunião do motor
      3.2.18. Bomba de óleo
      +3.2.19. Esfriamento de sistema
      3.2.20. Sistema de produção de gases de escape
   +3.3. Motor de gasolina 1,4 de dm3
   +3.4. Sistema de ignição
+4. Sistema de combustível
+5. Sistemas de lubrificação, coolings
+6. Sistema de lançamento
+7. União
+8. Transmissões
+9. Cabos de poder
+10. Direção
+11. Suportes de forma triangular de interrupção
+12. Sistema de freios
+13. Corpo
+14. Equipamento elétrico


cbc19809

3.2.18. Bomba de óleo

INFORMAÇÃO GERAL

O trocador de calor equipado dos garfos que previnem a sua rotação

 
1 – os garfos que previnem rotação 2 – uma borda no bloco de cilindros,
3 – conector

A comparação de modos de fixar de um oleoduto de óleo restituível de um turbocompressor


e – velho tipo,
b – novo tipo,
1 – turbocompressor,
2 – oleoduto de óleo restituível,
3 – o oleoduto de óleo que dá

O acesso à bomba de óleo é possível de em baixo do carro depois da remoção do catre de óleo. A remoção e a instalação da bomba de óleo descrevem-se na subseção 3.2.16.

Desde outubro de 1990 o trocador de calor equipa-se dos garfos especiais que previnem a sua rotação do mais fácil a sua dedução durante o procedimento da remoção de um filtro de óleo. Causou a necessidade da produção no bloco de cilindros de uma borda especial.

No tempo de instalação do trocador de calor o entalho tem de compensar-se (os traços lubrificantes retiram-se), é coberto de meios de "Loctite Frenetanch" e aperta-se pelo momento de 60 nanômetros.